AZEITES DE OLIVA

SAFRA 2020

azeite-selecao-oliq-250ml

Seleção

É um blend ou composição de azeites de diferentes variedades de azeitona. Em 2020, colocamos uma proporção maior da grappolo, de origem italiana, com iguais proporções das espanholas arbequina e arbosana. No nariz, apresenta notas verdes de intensidade suave, com agradável frescor. Apresenta frutado de azeitona, com notas de maçã verde, tomate, ervas e verduras. Apresenta também boa complexidade pela diversidade de aromas presentes. Em boca, possui um frutado de azeitona, com notas de tomate, toques de maçã verde e notas herbáceas de ervas e verduras. O gosto residual é persistente . É adocicado ao entrar na boca, com a com agradável amendoado e toques herbáceos. Sua entrada é adocicada com presença de amargo de intensidade de moderado para suave. O picante se manifesta com rapidez, com intensidade moderada e apresenta longa e agradável persistência na boca. Pelo equilíbrio de seus atributos o blend apresenta boa harmonia. Residual de boca persistente com agradável amendoado e toques notas herbáceas.

Arbequina

O azeite arbequina é um varietal produzido apenas com essa variedade típica da Espanha. Ela se aclimatou muito bem na região da Mantiqueira, e, neste ano, resultou num azeite com aromas frescos, com notas de tomate e toques de maçã. Sua intensidade é suave, com picância e menor grau de amargor. É ideal, por isso, para pratos mais suaves, como saladas, grelhados de carne branca, sopas e sobremesas.

azeite-arbequina-5
azeite-selecao-oliq-1

SELEÇÃO BRASIL

Uma seleção de excelentes azeites brasileiros combinados com azeites OLIQ, resultando em novos aromas e sabores. A proporção maior de arbequina e arbosana  e um toque mais sutil do amargor da grappolo resultam num azeite mais leve, de sabor frutado maduro.

Qualidade

A cada safra, os azeites são analisados em laboratório certificado, que realiza as medidas químicas exigidas pela legislação. O índice de acidez, que mede a proporção de ácidos graxos livres em relação ao ácido oleico é inferior a 0,2% (para ser considerado extravirgem, um azeite deve ter a acidez menor ou igual a ,80%).

Além disso, Oliq utiliza um segundo critério, não exigido pela legislação brasileira, a análise sensorial, realizada por degustadores profissionais. O degustador deve constatar a ausência de qualquer mínimo defeito sensorial – como ranço ou fermentado, por exemplo – além da presença das qualidades de aroma e sabor: os frutados, o amargor e a picância, além do equilíbrio entre esses atributos.

Mais aromas e sabores

Em 2017, OLIQ lançou sua linha de azeites aromatizados com produtos de suas próprias fazendas: Limão Siciliano, Alecrim, Pimenta Dedo de Moça, Café e Manjericão.

São condimentos preparados por infusão a frio.  Os ingredientes são colocados no azeite e, após 24 a 48 horas, são filtrados. Com isso, os óleos essenciais são absorvidos e todo o sabor e aroma são concentrados no azeite, sem que este perca sua integridade.

Em frascos de 50 ml, os condimentos convidam a variar o sabor de acordo com a ocasião. Os de limão e alecrim vão muito bem nas saladas e peixes. O alecrim vai bem também com diferentes carnes e legumes. O azeite com aroma de pimenta realça queijos, massas e carnes, e o de café surpreende como calda para sorvetes, mousses, doce de leite ou compotas. O de manjericão é imbatível numa salada ou massa. Tudo depende, é claro, da gosto de cada um, da ocasião e dos temperos que vão entrar.

0
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar